Mensagens

ENTRE O FOGO E O ABRAÇO INAPAGÁVEL

Imagem
Senta-te neste banco de nuvens Respira um tempo por acontecer Descalça na luz da alma do que és Deixa que a terra te molde os pés Mira-te na cintilação da espuma Afasta do horizonte a bruma Perde-te na desordem das marés Vai docemente colher um malmequer Deixa o luar dar uma volta completa nos teus olhos Na sombra suave da tua voz, seja o que Deus quiser Que nunca se aparte de ti a Primavera Teu corpo de rumores, gaivota minha Tu, Mulher... Nascendo na ilha Nos voos do olhar No eco desamparado Nas distancias revolvidas como ondas Como gaivota subindo ao sonho formidável Quero-te simplesmente Entre o fogo e o abraço inapagável...

O PRIMEIRO NOME DE UMA MULHER

Imagem
Já desenhei um corpo no lugar vazio do amor Prisioneiro da inocência absurda do querer Já sonhei com barcos sem mar Já falei pelos olhos do ultimo sobrevivente Já percorri o dia do encontro dos desencantados Para te amar... Caminheiro, caminhante sobre a espuma Olhando por uma janela violentamente transparente Abrindo uma passagem secreta Para o universo das palavras simples Sopram os ventos Para içarmos velas No céu uma lua feiticeira Sabes?! És um Ser de amor e luz Até os teus olhos são feitos de luz “ As estrelas fizeram os teus olhos para se verem a si próprias” Escrevo na branca imensidão de uma folha branca o que Deus quiser Na simplicidade do sorriso de uma flor O teu nome

CHEGOU O ALQUIMISTA

Imagem
Entre a terra e o céu
Aqui navegarei como gaivota encantada
Com uma mão cheia e a alma beijada
Aqui desvendarei sonhos
Irei combater seres bisonhos
Na misteriosofia das palavras
Encantarei mágoas
Cruzarei ceu e mares
Ensinar-vos-ei feitiços e compromissos
Mostrarei todas as cores da minha alma
E a luminosidade de um coração na palma da mão